OVNIS ONTEM , NA BUSCA DA VERDADE

As possíveis raças de alienígenas que nos visitam!

Muito do que é relatado na literatura humana sobre as possíveis diferentes raças de alienígenas que nos visitam pode não passar de invenção de mentes férteis.  Contudo, levando-se em consideração todos os avistamentos e relatos de contatos por pessoas fidedignas por todo o mundo, pode-se afirmar com certa margem de segurança, que provavelmente estamos sendo visitados por mais do que uma raça alienígena.
Abaixo, embora não se possa afirmar que as informações sejam verdadeiras, está um descritivo encontrado no site locklip.com,  das cinco possíveis raças que estariam nos visitando, as quais poderiam ser nossos aliados.
De qualquer forma, vale a pena ler: 
1. Os Arcturianos
Os Arcturianos são uma das espécies mais velhas de alienígenas em nossa galáxia.  Milhões de anos de existência os permitiu alcançar um estado de ascensão, levando muitos a classificá-los como uma civilização de quinta dimensão.
Esta mesma situação pode estar esperando pelos humanos num futuro distante.
Há milhões de anos, os Arcturianos eram tão desenvolvidos tecnologicamente quanto nós agora.  Isto significa que conquistaram todos os desafios que enfrentaram.
Seu planeta lar orbita a maior estrela na constelação de Boötes e está localizado por volta de 200 anos luz da Terra.  Embora esta distância seja enorme para nós, os Arcturianos não têm dificuldade alguma para cruzá-la, pois possuem uma das tecnologias mais avançada da Via Láctea.
Apesar de sua intervenção diária em nossa vidas, poucas pessoas têm interagido diretamente com esta espécie.  Somente através de suas descrições é que sabemos como eles se parecem.
De acordo com os contatados, os Arcturianos têm de 1 metro a 1,5 metro de altura, possuem enormes cabeças e grandes olhos amendoados.  Sua pele é esverdeada e somente possuem três dedos em cada mão.
Eles são mestres da comunicação telepática e podem mover objetos ou interagir com a matéria através do uso de suas mentes.  Os Arcturianos ultrapassaram a barreira das doenças e do envelhecimento, e a morte foi virtualmente eliminada de sua sociedade há muito tempo.
Sua esquadrilha de naves estelares cruzam o Universo e diz-se que uma delas orbita a Terra, caso algo venha a ameaçar a nossa existência.  Sendo antigos e sábios, os Arcturianos assumem seriamente seu papel como protetores, e podemos agradecê-los por já não termos sido invadidos.
Uma de suas sondas, o famoso satélite Cavaleiro Negro, tem orbitado o nosso planeta pelos últimos 13.000 anos.
2. Os Telosianos
Descritos como humanoides altos e loiros, acredita-se que os Telosianos sejam os remanescentes de civilizações humanas anteriores aqui da Terra.
Alguns dizem que os primeiros Telosianos foram os sobreviventes de cataclismos que afundaram a Atlântida e a Lemuria; outros acreditam que suas origens sejam muito mais velhas.  Evidências circunstanciais sugerem que eles sejam nossos parentes genéticos mais próximos.
A primeira pessoa a descrever os Telosianos foi o Almirante Richard Byrd, cujos diários publicados após sua morte mencionavam uma expedição secreta ao Polo Norte, para o lar de espécies subterrâneas mais avançadas.
Byrd escreveu que esta espécie alienígena têm vivido em cidades subterrâneas secretas, mas que foram as nossas bombas nucleares que os atraíram para fora:
Nossos interesses começaram após sua raça explodir as primeiras bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki, no Japão.  Foi durante esta época alarmante que enviamos nossas máquinas voadores, as ‘Flugelrads’, para seu mundo da superfície, a fim de investigar o que sua raça havia feito…  Veja, nunca interferimos antes nas guerras e no barbarismo de sua raça, mas agora devemos, pois vocês aprenderam a mexer com uma certa força que não é para o homem, isto é, a energia atômica.  Nossos emissários já entregaram mensagens às potências mundiais, e todavia eles não escutaram.  Agora você foi escolhido para testemunhar aqui que o nosso mundo existe.  Veja, nossa cultura e ciência está a muitos milhares de anos à frente de sua raça, Almirante.
Seu nome deriva da palavra ‘telos‘ no grego antigo, que significa ‘final’ ou ‘propósito’, um nome apropriado para sua maior cidade de Telos, localizada sob o Monte Shasta, na Califórnia.
Embora poucas pessoas alegam ter ido lá fisicamente, muitos dizem que foram capazes de se comunicar telepaticamente com os habitantes deste local.
Uma destas pessoas é o proeminente pesquisador de OVNIs, William Hamilton.  Alegadamente, ele teria encontrado alguns membros desta raça e relatado:
Bonnie, sua mãe (Rana Mu), seu pai (Ra Mu), sua irmã Judy e seus primos Lorae e Matox vivem e se movimentam em nossa sociedade, retornando frequentemente a Telos, para descanso e recuperação.  Bonnie relata que seu povo usa máquinas escavadeiras para perfurar túneis na Terra.  Estas máquinas aquecem a rocha até que fiquem incandescentes, e então vitrificam-na, assim eliminado a necessidade de estacas e suportes.  Um túnel de trânsito em forma de tubo é usado para conectar as cidades que existem em várias regiões subterrâneas em nosso hemisfério.  Nesses túneis os trens são propelidos por impulsos eletromagnético à velocidades de até 4.000 km/h.  Um dos tubos vai até uma de suas cidades nas matas de Mato Grosso, no Brasil.  Eles cultivam através do método hidropônico, sob uma luz de espectro completo, com suas plantações sendo atendidas por autômatos.  Os alimentos e recursos de Telos são distribuídos em abundância para população de um milhão e meio, a qual vive sem uma economia baseada em moeda.
Através da tecnologia psicotrônica, e habilidades cerebrais altamente desenvolvidas, sua sociedade incrivelmente avançada tem estado em constante contato com um número de civilizações extraterrestres, como os Pleiadianos e os Arcturianos.
Milhares de anos de avanços científicos os permitiram evitar doenças e envelhecimento; os Telosianos são conhecidos por sua longevidade e poderiam nos ajudar com a nossa.  Eles também são os verdadeiros protetores do meio-ambiente da Terra e mantenedores do conhecimento sobre o passado de nosso planeta.
3. Os Liranos
Nossa civilização provavelmente começou com os Liranos, pois dizem pelos círculos extraterrestres que eles são nossos ancestrais mais velhos.  Toda a evidência aponta para o fato de que esta foi a primeira civilização humana a surgir na Via Láctea.
Um dos primeiros a falar sobre os Liranos foi o famoso contatado, Billy Meier.  Eles teriam revelado a ele suas origens e história, a qual ele graciosamente compartilhou com o resto do mundo:
Eles descreveram sua origem antiga, e consequentemente a nossa, como vindo de um sistema solar num grupo de estrelas próximo ao que conhecemos como a Nebulosa de Lira, pelo qual os chamamos de Liranos, da mesma forma que nos referimos aos seres humanos das Plêiades.  Estes antigos Liranos, em suas numerosas migrações e suas grandes Arcas Espaciais, foram para outros sistemas solares e encontraram habitações apropriadas, e assentaram colônias, as quais floresceram e finalmente lançaram seus próprios viajantes espaciais.”
Há milhões de anos, sua civilização alcançou um nível tecnológico muito alto.  Infelizmente, a situação escalou, causando conflitos entre as diferentes facções, acabando numa grande guerra.  Aqueles que escaparam colonizaram as Plêiades e o sistema Vega.
Seus descendentes finalmente alcançaram a Terra por volta de 22 milhões de anos atrás, e desde então têm se mantido como uma força mais ou menos numerosa assentada aqui.
Alguns pesquisadores acreditam que eles sejam os deuses descritos em virtualmente todos os textos religiosos antigos.  Se esta teoria for verdadeira, então os Liranos tiveram um papel central na criação e formação da raça humana na Terra.
A maioria dos relatos descreve esta raça como tendo aparência nórdica: indivíduos altos, com olhos azuis e longos cabelos loiros.  Eles têm sido chamados de “historiadores galácticos” da espécie humana e se há alguém que conheça a história de como o homem veio a existir, são eles.
4. Os Alfa Centauranos
Os extraterrestres de Alfa Centauro possuem o poder de destruir qualquer outra espécie de alienígenas.  Eles são amplamente considerados a espécie mais avançada tecnologicamente na galáxia Via Láctea.
Eles são altamente inteligentes e possuem uma curiosidade natural, a qual os levou ao desenvolvimento rápido de uma sociedade científica e tecnológica.
Eles evoluíram a partir de uma espécie aquática, possuindo guelras e membranas nos membros. Os pesquisadores acreditam que eles sejam responsáveis por uma grande parte dos avistamentos aquáticos e do fenômeno dos OSNIs (Objetos Subaquáticos Não Identificados).
O rumor é de que eles possuem um número de bases operando no fundo de muitos dos nossos mares, oceanos e lagos.
Os pesquisadores extraterrestres concordam que os Alfa Centauranos possuem a tecnologia mais avançada, dando a eles uma vantagem sobre outras espécies mais combativas.  Parece que os Centauranos têm aprendido que, com grande poder, vem grande responsabilidade.
Até mais que isso, eles são benevolentes para conosco e têm expressado seu interesse genuíno em nos assistir na superação de alguns de nossos desafios.  Tendo eles mesmo obtido sucesso, ele perceberam que algumas vezes a evolução parece ser muito difícil.
Muitas vezes eles se comunicam telepaticamente com nossos cientistas e sua influência é sempre sutil.  Eles promovem a justiça social e os direitos humanos, associados ao uso responsável da tecnologia.
5. Os Pleiadianos
Descendentes dos Liranos Nórdicos, os Pleiadianos representam o aliado da humanidade mais ativo.  Seu lar é localizado no grupo de estrelas Plêiades, localizado a 400 anos luz da Terra.
Os Pleiadianos sempre têm tido um papel importante na cultura humana e seu nome derivou do verbo grego antigo ‘plein‘, que significa ‘velejar’.  Assim, os Pleadianos são marinheiros.
Um de seus representantes escolhidos na Terra foi Billy Meier, que transmitiu as mensagens de Semjase, uma Pleiadiana que estava preocupada com o nosso destino.  Apesar disso, ela disse a ele:
Não somos os seres guardiões da Terra, nem anjos enviados por Deus, ou algo similar.  Muitas pessoas sugerem que estamos de guarda sobre a Terra e seus seres, e que controlaríamos seu destino.  Isto não é verdade, porque somente desempenhamos uma missão auto-selecionada que não tem nada a ver com a supervisão ou regulação do destino da Terra.  Assim, é errado nos expor como mensageiros ou guardiões superterrestres.
Os Pleiadianos foram os primeiros a nos alertar sobre os perigos que os alienígenas Grey representam.  Eles acusam os Greys de falta de sabedoria e afeto, quando usam os tecnologicamente inferiores humanos para servir aos seus propósitos maléficos.
Por esta razão, as duas espécies alienígenas têm se confrontado, tanto aqui como em outros sistemas solares.
Os contatados alegam que os Pleiadianos têm ajudado por algum tempo a nos livrar da opressão.  Embora não saibamos, eles sempre têm feito isto.

Fontelocklip.com