OVNIS ONTEM , NA BUSCA DA VERDADE

Aglomerado de estrelas a deslocar-se "Portugal"


Os relatos não param de chegar, onde luzes "estrelas em movimento" são a principal observação das testemunhas, espalhadas um pouco por todo o país e ilhas.
Os relatos em suma são referentes ao Mês de Julho expecto o caso da Ilha da Madeira que está referente ao Mês atual "Agosto".
Desta forma partilhamos os relatos e observações avançadas pelas testemunhas sobre as suas ocorrentes observações.

Relatos...

Madeira - Hoje (03-08-2014) por volta das 00:15 observei no céu uma série de luzes cintilantes.
Não sei precisar o número, mas eram seguramente uma centena delas. Inicialmente estavam relativamente agrupadas e deslocavam-se de Sul para Norte.
Posteriormente, desagruparam-se até que deixei de as conseguir observar.
Este fenômeno demorou cerca de 25 minutos.
Realizei dois vídeos, mas como a câmara não possui muita resolução não é perceptível o fenômeno.
Como verifiquei, que existem relatos similares no vosso blog, decidi enviar-vos o meu testemunho, observado por mais duas pessoas que se encontravam comigo.
Gostaria ainda de perguntar se já existem explicações para o sucedido.

Catarina Ferreira

Lisboa - Olá boa tarde,
tinha enviado um e-mail ao Instituto de Astronomia, mas até agora ninguém respondeu.
Uma vez que aquilo que vimos foi tão espectacular fiz uma pesquisa na net como aglomerado de estrelas a deslocar-se e encontrei no vosso site quase que uma resposta e a certeza que mais pessoas têm visto o que nós vimos na noite de 26 de Julho pelas 23h00-23h30 (seguramente depois das 23h00).
Espero que vocês me respondam!

Este é o nosso testemunho:

Podemos também afirmar que não eram estrelas cadentes ou chuvas de estrelas, balões leds, fogo de artificio...

Nesta noite de sábado (26 de Julho) pelas 23h20 mais ou menos e o fenómeno terá durado ainda uns bons 15 minutos, o céu estava limpo e com algumas estrelas.
No terraço da minha irmã (Penha de França/Sapadores) temos uma ampla visão do céu.
Mas de repente o céu, literalmente por cima das nossas cabeças, ficou cheio de estrelas (mais baixas pareceram,creio eu, que as estrelas...digamos...normais).
Mas quando digo cheio é mesmo cheio.
O alerta foi dado pela minha sobrinha Sofia que insistia para irmos ao terraço ver porque ela achava que não estava "a ver bem"!

Um arrastão delas e em movimento creio que na orientação oeste -este.
Mas além de uma beleza estonteante de nos deixar deslumbrados, espantados, enfim, sem palavras,piscavam com grande intensidade e uma ou outra fazia movimentos rápidos e a luz dessas ia diminuindo à medida que se deslocavam rapidamente.

Também o mais estranho é que apesar de se estarem a deslocar e olhando na direcção para onde iam (mais ao longe), não havia uma continuação. Desapareciam.

Ficaram para o fim duas dessas luzes em paralelo, avançaram e depois desapareceram.

Tivemos depois a ver se havia alguma notícia sobre o assunto nos telejornais mais tardios, mas nada. Não é possível que só nós tenhamos assistido!

Tentámos filmar com o telemóvel, mas não aparece nada. Só escuro, nada.

Desconhecendo assim o fenômeno a que assistimos gostaríamos de saber o nome (?) para este acontecimento, que creio ter sido um daqueles raros momentos de sorte de estarmos no sítio certo na hora certa.

Testemunhas : Família Özkaplan (Sílvia/Nail/João - 7 anos/ Pedro - 6 anos) e Família Santos (Cristina/Luís/Marta(15 anos) e Sofia (12 anos).

Sílvia

Guimarães - Venho por este meio relatar um avistamento de um Objecto Voador Não Identificado, em Souto de Santa Maria (Guimarães, Portugal)
Por volta das 23.00 horas da passada 6a feira, estávamos os dois ao ar livre, a apreciar os encantos de mais uma noite de verão maravilhosa, numa propriedade em Souto de Santa Maria, em Guimarães.
A dada altura a minha mulher chama-me, apontando para o céu, dizendo "olha, olha pr'aquilo!" (Disse-me mais tarde que "algo" a fez olhar para trás e olhar naquela direcção.)
Olhei de imediato e vi o que me parecia ser fogo de artificio, daqueles pouco intensos do tipo estrelitas a cair, cintilantes.
Lembro-me de ter pensado de imediato "que bonito... adoro fogo de artificio!".
Após alguns segundos de observação detectei algo de estranho nesse "fogo de artificio": não caía!
E percebi então que não poderia ser fogo de artificio.
As luzes, cerca de 30, talvez mais, piscavam alternadamente, a cada segundo aproximadamente, sem padrão aparentemente visível.
Quando vi pela primeira vez, tinha uma forma alongada, ligeiramente mais larga no centro, vertical.
Com o passar do tempo essa forma foi-se achatando, transformando-se numa forma mais arredondada, ate que se converteu numa forma mais próxima de uma banana ou boomerang, já na horizontal.
Do nosso posto de observação, as luzes estavam a sul, a uma altitude aproximada à de um avião voando a alta altitude, e a intensidade das luzes similar às das estrelas mais cintilantes que se podem avistar no céu. Depois foi-se afastando para sul/sudoeste, de forma lenta, numa trajectória aparentemente ascendente, com a intensidade da luz a diminuir lentamente, ate que desapareceram por completo.
O esquadrão de luzes estaria ligeiramente a leste do eixo traçado entre Souto de Santa Maria e Guimarães, deslocando-se depois, numa trajectória mais ascendente, para sul/sudoeste.
O tempo de avistamento terá durado entre 5 a 7 minutos, tendo terminado por volta das 23.30.
Nuno. T

Arcos de Valdevez - Quero partilhar convosco um fenómeno, no mínimo estranho, que tive a sorte (?) de partilhar com a minha esposa e uma cunhada.

O fenómeno ocorreu no céu, em Arcos de Valdevez, cerca das 23 horas. O dia esteve muito quente e àquela hora estavam cerca de 22º C.
Minha esposa gosta imenso de observar as estrelas e ontem deparou-se com um fenómeno estranho, e chamou-me para o ver também.
Olhando para leste, viram-se imensas ( não sei quantas, mas umas dezenas ) de luzes que piscavam , a grande altitude, e deslocavam-se como em formação para oeste.

Passados talvez 5 minutos já tinham percorrido uma distância enorme e nessa altura alteraram a sua rota para sul, acabando por desaparecer.
Posso salientar que as distâncias entre elas eram constantes assim como a velocidade a que se deslocavam.

Gostei, e como já pensava que não nos encontramos sozinhos nesta universo, isto foi a sua confirmação.

Raul Costa

Serra da Gardunha - Sou Emigrante na França tenho 20 anos e estou cá a passar as minhas ferias,mas esta noite fui seguido por uma bola de luz azul por mais de 5 quilómetros na serra da Gardunha a vir de Castelo Branco Para o Fundão, depois foi em direcção da serra da estrela, foi o maior susto da minha vida, no fim de semana passado tinha ouvido uma conversa entre uns velhotes que virão umas luzes estranhas na serra a noite, será que era o mesmo que eu vi?
Será que por ai mais pessoas que virão o mesmo que eu?


Enquanto as observações em Portugal, também curiosamente no dia 26 de Julho sobre Milão Itália era registado o seguinte vídeo em plena luz do dia.