OVNIS ONTEM , NA BUSCA DA VERDADE

Primeiro selfie espacial: Rosetta e seu cometa




Selfie espacial

A sonda espacial Rosetta registrou o primeiro autorretrato espacial: um selfie que mostra sua aproximação do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko.

Além de estudar o cometa, a sonda enviará um módulo de pouso e depois perseguirá o 67P por um ano durante sua aproximação do Sol.

Na verdade, o selfie foi tirado justamente pelo módulo de pouso, chamado Philae, usando uma câmera de um experimento chamado CIVA.

CIVA é uma sigla para Comet nucleus Infrared and Visible Analyzer, analisador do núcleo do cometa em infravermelho e visível. Suas câmeras serão capazes de tirar fotos panorâmicas em 360º do local de pouso do Philae.

O experimento CIVA conta ainda com um microscópio para caracterizar as amostras e com um sensor para registrar o espectro em infravermelho dessas amostras.

Pouso no cometa

No início da semana que vem deverá ser anunciado o local de pouso do Philae. Técnicos da missão afirmaram que o processo de seleção do local de pouso complicou-se muito nos últimos dias.

Conforme a sonda se aproxima do cometa, as imagens mais detalhadas revelam que os locais tidos como relativamente planos quando vistos à distância, na verdade são cheios de relevos acidentados e grandes rochas.

Essas imagens também deixaram os cientistas coçando a cabeça por outros motivos, já que o cometa não era exatamente o que eles esperavam.

Selfie espacial

O selfie foi tirado no dia 7 Setembro, quando a sonda Rosetta e seu módulo de pouso - os dois ainda estão acoplados - estavam a 50 km do cometa.

Os painéis solares da sonda, que aparecem na foto, medem 14 metros de comprimento. O cometa 67P mede cerca de 4 km de comprimento por 3,5 km de largura.

FONTE: SITE INOVAÇÃO TECNOLOGICA