OVNIS ONTEM , NA BUSCA DA VERDADE

Por que os militares dos EUA tentaram fabricar discos voadores?

O site UFO Conjectures postou algumas questões, que seriam interessantes para debate:
Configurações em forma de disco voador eram relativamente raras em ficção científica antes dos avistamentos de Kenneth Arnold em 1947.
Mas há uma patente documentada para uma máquina voadora lenticular (de acordo com a Wikipedia em inglês), submetida pelo inventor romeno Henri Coanda, que criou um modelo em escala funcional em 1932, patenteando seu invento em 1935.
Uma nave em forma de disco voador, chamada de Discoptero, foi patenteada por Alexandre Weygers em 1944 (também informado pela Wikipedia). E em filmes, os discos voadores não foram mostrados até a década de 1950, com o filme ‘The Flying Saucer‘ (‘O Pires [Disco] Voador‘), e outros daquela década.
Assim, qual seria a razão dos esforços do Exército, da Força Aérea, e até mesmo da Marinha dos EUA para a fabricação de naves voadoras projetadas em forma de discos voadores?
Tiveram os militares acesso aos filmes que mostravam tais naves voando nos céus?
Teriam eles na verdade recuperado um disco voador acidentado em Roswell, o que teria estimulado os militares a tentar fabricar suas próprias versões?
O que causaria até mesmo o menor interesse em projetos de naves redondas, exceto por algumas evidências de que tais coisas eram existentes após 1947?
Contudo, também devemos considerar que antes mesmo de 1947, há vários registros de que a Alemanha nazista trabalhava em projetos dos assim chamados ‘discos voadores’.
A pergunta que também deve ser postulada é: estaria a ficção científica imitando a realidade, ou o contrário?  …ou ainda as duas coisas ocorrendo simultaneamente?
A verdade está lá fora, mas parece que não quer voltar para a casa.