OVNIS ONTEM , NA BUSCA DA VERDADE

Homem voador é avistado por pilotos comerciais no Reino Unido

Pilotos de um avião de passageiros teriam ficado surpresos quando “um homem voador” passou ao lado de sua aeronave a 3.500 pés de altitude (1.060 metros).  Peritos de aviação admitiram ter ficado espantados pelo avistamento de um humano, que foi apelidado de Super-homem de Macclesfield.
Ele teria aparecido do nada quando o Airbus 320 passou por Cheshire, no Reino Unido, enquanto ia em direção ao aeroporto de Machester.
O piloto e o primeiro oficial, que reportaram o avistamento para o controle de tráfego aéreo, pensaram que o homem estava voando de parapente, mas não puderam ver o velame.  E o mistério ficou ainda mais profundo quando não havia sinal algum dele no radar.
Pilots in the cockpit
Crédito: Getty
Maiores investigações não encontraram quaisquer parapentes, paraquedistas ou balonistas na área naquele momento.
As autoridades da Airprox, que investiga ‘quase colisões’ no espaço aéreo britânico, admitiu que o mistério poderá nunca ser resolvido.
Descrevendo o relatório dos pilotos, o ele dizia: “Eles primeiro avistaram o objeto a algumas centenas de metros, na posição de 11 horas, de 60 a 90 metros acima.  Ele passou  para baixo, pelo lado esquerdo da aeronave, de 100 a  200 metros.  A tripulação somente viu ele rapidamente, não houve tempo para qualquer tentativa de desvio e eles reportaram que basearam suas hipóteses no fato dele ser uma pessoa sob um velame.”
Naquele momento o céu estava claro e a visibilidade era de aproximadamente 9,5 km, dizia o relatório.  Mas adicionou: “Ninguém pode lembrar ter visto um velame“.
Imagem meramente ilustrativa. Crédito: Getty.
Os controladores de tráfego aéreo no solo também não viram nada em seus radares na hora do incidente, às 13h30 do dia 13 de junho.  E os especialistas da British Hang Gliding and Paragliding Association (Associação Britânica de Asa Deltas e Parapentes) disse que as condições climáticas naquele momento teriam tornado impossíveis o voo na região. Eles também disseram aos investigadores que o pilotos provavelmente não deixariam de ver um velame ou um paraquedas, pois “teria sido o objeto mais óbvio, por um margem significante“.
O relatório adicionou que os pilotos “não tinham certeza de que era um balão no formato de  uma pessoas“, mas as condições também não eram favoráveis para tal.
A conclusão do relatório foi: “A diretoria concordou que infelizmente não há maiores informações que poderiam levar à identificação de um objeto desconhecido.  Isto foi frustrante, tanto para a diretoria quanto para os pilotos em questão, que claramente viram algo, ou alguém, mas não tinham formas de corroborar o que tinham relatado“.
Este incidente não foi o primeiro avistamento de humanos voadores.
Em abril, o que parecia ser uma pessoa foi, alegadamente, filmada voando sobre as pessoas em Qutub Minar, na Índia, e o vídeo rapidamente se tornou viral na Internet.
Em Staffordshire, um outro homem, teria sido avistado voando sobre Chase Cannok, em fevereiro de 2009.  Cinco pessoas contataram o jornal local e descreveram isso como sendo “um momento Super-homem“, com uma pessoa acreditando que foi somente alguém usando um jetpack do estilo James Bond.
Em 1969, o Cabo Eral Morrison, dos Fuzileiros Navais dos EUA, viu um figura ‘alada’ estranha, com um brilho esverdeado, cruzando o céu noturno, próximo a Da Nang, no Vietnã. Ele disse: “Após isso ter se aproximado o suficientemente perto, pudemos ver o que era.  Parecia ser uma mulher, ou um homem, nu”.