OVNIS ONTEM , NA BUSCA DA VERDADE

O OVNI / UFO de Gulf Breeze, Florida – EUA Somente uma das excelentes fotos tiradas por Ed Walters, durante a década de 1980.

O incidente de Gulf Breeze envolveu uma famosa série de avistamentos que começaram a ocorrer em 11 novembro de 1987.  Notícias e fotos de alta qualidade de um OVNI se espalharam rapidamente e foi assunto em jornais, revistas e programas de TV.
Gulf Breeze é uma pequena cidade na Flórida, EUA, que tinha aproximadamente 6.000 habitantes na época da onda de avistamentos.
As evidências mais definitivas do caso foram uma série de fotos e as alegações de contato feitas por Ed Walters.  Walters relatou e documentou a série de avistamento por um período de três semanas.
Mas o caso não é tão simples assim.  Investigações foram conduzida e Walters foi acusado de ter forjado os avistamentos.
Devido a atenção dada pela imprensa, Walters resolveu se mudar para uma nova casa.  A residência onde os avistamentos ocorreram ficou desocupada por quase um ano, quando um cidadão de nome Robert Menzer a comprou.
Mais tarde, Menzer disse para imprensa ter encontrado um modelo de pouco mais de 20 cm do que seria a nave que aparece nas fotos de Walters.
Walters alegou que o objeto havia sido plantado lá e que “somente um tolo deixaria para trás tal evidência“.
Apesar das acusações e da suposta evidência de fraude, Walters não foi a única pessoa a alegar ter visto o OVNI.  De acordo com o site ufocasebook.com, aproximadamente 200 pessoas se manifestaram com relatos de avistamentos, vídeos e fotos durante um período de três anos.
Veja abaixo um resumo do caso, bem como mais fotos do alegado OVNI de Gulf Breeze tiradas por Walters:

Ed Walters é um construtor de residências e membro da City Planning Board de Gulf Breeze (Diretoria de Planejamento da Cidade).  Ele doa muito de seu tempo ao serviço comunitário.  Frances Waters, sua esposa, é bem conhecida na comunidade e foi presidente da Parent Teacher Association (Associação de Pais e Mestres) da escola de ensino secundário local.   (Credit0: “The Gulf Breeze Sightings” por Ed e Frances Walters)

Tudo começou em 11 de novembro de 1987, quando o construtor chamado Ed Walters estava trabalhando no seu escritório em casa e notou uma luz se movendo no lado de fora, parcialmente obscurecida pelo pinheiro no seu jardim.  Para ter uma visão melhor, Ed saiu pela porta da frente, e pôde ver que a luz era de fato uma nave com brilho cinza-azulado, como nada que ele havia visto antes.

Ed voltou correndo para sua casa, agarrou

 sua câmera Polaroid que usava no seu trabalho e voltou para sua varanda novamente.  À medida que a nave saía por detrás da árvore ele tirou a primeira foto.  Ele assistiu por um momento e então, “Bang, algo me atingiu.  Por todo o meu corpo, eu tentei levantar meus braços mas não podia movê-los.  Eles estavam azuis, eu estava azul, tudo estava azul.  Eu estava dentro de um facho de luz azul.  Eu estava tentando respirar, mas meu peito não expandia.  Meus pés se levantaram do chão, uma voz berrou na minha cabeça – ‘Não vamos machucá-lo’.  Eu gritei e a voz disse, ‘Se acalme’.  Eu gritei: ‘Coloque-me para baixo!’  Nenhum controle, somente um cheiro agudo, um aroma de amônia misturado com odor forte de canela que queimava, grudado no fundo da minha garganta.  Um zumbido enchia minha cabeça.  Bam! Eu caí no solo, a luz azul tinha desaparecido.  O zumbido ainda estava na minha cabeça, as decresceu rapidamente e desapareceu.
Em 20 de novembro o zumbido retornou, e com ele Ed podia escutar vozes, como se estivesse escutando uma conversa.  Ele saiu da casa e viu uma pequena luz no céu, logo acima, caindo à grande velocidade.  Ele tirou 6 fotos à medida que o OVNI rapidamente descia do céu.  Esta foto foi clareada e melhorada nesta versão:
Foi o zumbido que Ed escutava quando o OVNI se aproximava que permitiu a ele fotografar o objeto tantas vezes.
No dia 2 de dezembro, a casa de Ed foi visitada novamente.  Aproximadamente às 03h00, Ed foi acordado pelo som de seu cão latindo somente uma vez.  Ele saiu para investigar e ao abrir a persiana de sua porta de trás foi confrontado por uma criatura de 1,20 metros de altura, com grandes olhos negros.  Ed gritou e caiu para trás.  A criatura olhou para ele por um momento e se afastou. ele por um momento e se afastou. 





Eu o segui.  Quando meus pés saíram da minha varanda, fui atingido pelo facho azul, ficando imobilizado enquanto a criatura fugia para o campo atrás da minha casa.  Logo que pude me mover, pequei minha câmera e tirei esta foto (acima)do OVNI apontando o facho azul para o campo.  Acredito que ele estava resgatando a criatura que eu tinha visto.

Logo antes do amanhecer, em 5 de dezembro, o OVNI pairou acima da linha das árvores, próximo da escola, a aproximadamente um quarteirão da casa de Ed.  “O OVNI se moveu em minha direção. Eu escutei uma voz dizer ‘Não resista… Zehaas.‘ ”
Esta é somente uma pequena introdução da história de Ed e do OVNI.  Ele fotografou o objeto muitas vezes com sua câmera, com outra câmera especial dada à ele pela MUFON, bem como uma câmera de vídeo.
Verdadeira ou falsa, as alegações de Ed Walters causaram um grande impacto na ovniologia mundial e, para aqueles que acreditam em sua história, trata-se de um conjunto de fotos dos mais impressionantes sobre o fenômeno dos OVNIs.