OVNIS ONTEM , NA BUSCA DA VERDADE

Brasileiro registra espetacular imagem da Galáxia de Andrômeda



A Galáxia de Andrômeda é a rainha das galáxias no céu. Nenhuma outra galáxia aparece de forma tão espetacular como ela. Andrômeda pode ser vista até mesmo a olho nu, mas para registrar uma imagem tão espetacular assim precisa entender muito de astrofotografia!

A foto que ilustra esse artigo não foi feita pelo telescópio Hubble ou por grandes observatórios. Também não foi feita por estrangeiros com equipamentos dignos de filmes de ficção científica. Foi registrada por um brasileiro, Rodrigo Andolfato, durante um encontro de astrônomos amadores.

Andolfato é um astrofotógrafo bastante conhecido entre os amantes da astronomia e dedica boa parte do seu tempo para registrar as belezas de céu noturno.

Recentemente, durante o VII Encontro Brasileiro de Astrofotografia, realizado na Chapada dos Veadeiros, Andolfato fez diversos retratos do firmamento, incluindo essa maravilhosa imagem da Galáxia de Andrômeda, ou M31, localizada a mais de 2.5 milhões de anos-luz de distância.


Para registrar Andrômeda em todo o seu esplendor, Andolfato fez 40 imagens com 2 minutos de exposição e utilizou uma teleobjetiva de 200 mm acoplada a uma câmera especial para astrofotografia. Em seguida, "empilhou" os 40 frames em um software adequado.

Empilhar fotogramas é uma técnica usada em astronomia para somar imagens feitas separadamente com o objetivo de extrair detalhes impossíveis de serem registrados em uma única foto.

O resultado, como se pode ver, foi simplesmente impressionante. Digna de uma galáxia com mais de 1 trilhão de estrelas!


Supernova
Em 20 de agosto de 1885, Andrômeda foi palco da primeira supernova já registrada em qualquer galáxia além da Via Láctea. Na ocasião uma estrela explodiu no bojo central de M31 e seu brilho e pode ser visto por vários observadores astronômicos, fracamente visível a olho nu.

Os cálculos mostram que ocorre uma supernova por século na galáxia de Andrômeda. Dessa forma não deveremos esperar muito tempo para que aconteça novamente. Quando acontecer, diversos astrofotógrafos deverão registrar o evento e se depender de Andolfato, Andrômeda já estará na mira!



FONTE: APOLO11.COM