OVNIS ONTEM , NA BUSCA DA VERDADE

5 relatos de aparições de ovnis que podem ser verdadeiros

Nós   já falamos bastante sobre alguns casos intrigantes quando o assunto é ufologia, mas as histórias a seguir são consideradas as mais plausíveis por quem estuda a existência de visitantes de outros planetas aqui na Terra. Saiba mais sobre elas e depois nos conte o que você pensa a respeito:

1 – O caso da liga de baseball

Fonte da imagem: Reprodução/ListVerse
Nick Mariana era o responsável pela liga de baseball, na cidade estadunidense de Great Falls, e no dia 15 de agosto de 1950, enquanto estava em seu carro fazendo filmagens aleatórias com uma câmera, percebeu a movimentação de objetos desconhecidos no céu de Montana. O vídeo feito por Mariana foi o primeiro a registrar a aparição de UFOs.
As imagens, que mostram dois pontos brilhantes cruzando o céu, foram enviadas à Força Aérea norte-americana para análise, logo depois de terem sido gravadas. Após examinar o filme, os peritos concluíram que os objetos voadores eram, possivelmente, aeronaves, já que dois comandantes afirmaram que estavam voando no horário em que os supostos UFOs foram avistados. O caso, então, foi arquivado.
O problema é que Mariana afirmou ter visto as duas aeronaves dos pilotos que estavam sobrevoando o local no mesmo horário do filme. A diferença é que ele não filmou as aeronaves e sim os objetos não identificados. O que deixa esse caso mais intrigante é o fato de que Mariana afirma que quando seu filme foi devolvido, depois da análise, os trechos que mostravam os objetos voadores com mais clareza haviam sido cortados. O caso nunca foi resolvido.

2 – Várias testemunhas

Fonte da imagem: Reprodução/ListVerse
A cidade de Melbourne, na Austrália, presenciou um evento interessante no dia 6 de abril de 1966, quando mais de 200 pessoas presenciaram um disco voador prateado, sobrevoando a cidade, pousando em um celeiro perto de uma escola e, em seguida, indo embora.
Nenhuma explicação sobre o assunto foi dada, mesmo com o grande número de pessoas que testemunharam o evento – vários estudantes faziam aula de educação física na escola ao lado do celeiro e muitos deles, ao mesmo tempo, apontaram para o céu, em direção ao objeto prateado. Logo em seguida, mais estudantes saíram de suas salas de aula, curiosos.
Todas as pessoas que viram a aeronave estranha afirmaram que ela tinha o tamanho de um carro e que, depois de algum tempo, saiu do celeiro em uma velocidade que aviões não são capazes de atingir, desaparecendo em seguida.
Os aeroportos da região não tinham registros de aviões particulares decolando no horário em que a nave foi vista – a cena toda durou aproximadamente 20 minutos. O problema é que não existem fotografias ou vídeos feitos no dia fatídico e, ainda assim, esse episódio é um dos mais comentados na Austrália.

3 – Na França

Fonte da imagem: Reprodução/ListVerse
A versão francesa da NASA relatou a ocorrência de objetos voadores não identificados em janeiro de 1981, no registro que é considerado o mais bem documentado de todos os tempos.
Tudo começou quando o fazendeiro aposentado Renato Nicolai estava cuidando de seu jardim e ouviu, de repente, uma espécie de assobio, acompanhado de uma aeronave esquisita, que, segundo ele, ficou pairada sobre o ar a uma altura de aproximadamente 2 metros por 30 segundos. Então a nave subiu rapidamente em direção ao céu, deixou um rastro de poeira e sumiu. Nicolai presenciou tudo isso a uma distância de 30 metros.
O governo francês estudou o caso e encontrou evidências de aquecimento e compressão no solo do local apontado pelo fazendeiro como o escolhido pela nave para se aproximar. Um material preto foi encontrado nessa região, mas ele não era resultante de resíduos de combustão ou óleo e sim de um combustível diferente, com fórmula metálica. O relatório oficial declarou que não se sabe o que houve no local, mas que certamente foi um evento estranho.

4 – Força Aérea

Fonte da imagem: Reprodução/ListVerse
A sede da Força Aérea de Cheyenne, em Wyoming, nos EUA, é alvo de muita especulação a respeito de visitas alienígenas desde 1965. Nesse ano, luzes verdes e vermelhas foram vistas na região, de acordo com depoimentos de moradores. O local foi, então, considerado área de alerta máximo.
Em 1976 um acidente na região ficou famoso depois que o oficial Bruce Fenstermacher disse ter visto um objeto voador branco com luzes verdes e vermelhas – a aeronave tinha um formato oval alongado, descrito, à época, pelas testemunhas, como “uma forma de cigarro”. Policiais foram enviados para vasculhar o local, mas o ovni havia desaparecido dali e ido para outros lugares. Os policiais continuaram perseguindo a nave, que sumia sempre que eles chegavam perto e aparecia em outro lugar, dificultando o trabalho.
Depois de mais de duas horas de busca, a nave levantou voo a uma velocidade absurda e rapidamente sumiu no horizonte.

5 – A viagem

Fonte da imagem: Reprodução/ListVerse
Imagine que você está viajando com uma amiga e com o neto dessa amiga, em uma estrada deserta, no Texas. Essa era a situação de três pessoas em 1980, com o detalhe de que a vida delas mudaria bastante depois daquela viagem.
No meio da estrada, de repente, os três se depararam com um objeto imenso, brilhante, em formato de diamante, bloqueando a passagem. De tempos em tempos, chamas saíam do lado de baixo do estranho objeto, fazendo com que ele “levitasse” um pouco e depois pousasse novamente, com calma.
O objeto emanava muita luz e muito calor e, mesmo assim, as duas amigas desceram do carro para examinar “a coisa” mais de perto. O menino, que tinha apenas sete anos, ficou no carro. Quando as duas voltaram para o veículo, tiveram que usar seus casacos para proteger as mãos antes de abrir as portas do carro, já que as maçanetas estavam muito quentes.
O painel do carro, feito de plástico, estava tão mole por causa do calor que foi possível deixar uma marca de mão nele. Os três assistiram o UFO subir e disseram que vários helicópteros militares estavam circulando o objeto estranho e superquente. Um policial local confirmou ter visto os helicópteros na área relatada pelas duas amigas.
Os três seguiram viagem e foram observando o UFO seguir em direção contrária até sumir completamente. Eles sofreram sintomas fortes de exposição à radiação e contaminação química, incluindo insolação. O caso foi parar nos tribunais, mas o governo negou trabalhar com materiais radioativos e disse não ter enviado helicópteros para o local descrito pelas mulheres e confirmado anteriormente por um policial. O juiz decidiu a favor do governo norte-americano.
FONTE(S)