OVNIS ONTEM , NA BUSCA DA VERDADE

Sonda Rosetta realiza aterrissagem inédita em cometa

Operação foi concluída com sucesso na tarde desta quarta-feira

história da exploração espacial ganhou um novo capítulo na tarde desta quarta-feira (12). Em uma manobra sem precedentes, o robô Philae, lançado pela sonda europeia Rosetta, aterrissou na superfície do cometa 67/P Churyumov-Gerasimenko. É a primeira vez que uma operação do tipo acontece.
    A jornada iniciada há 10 anos chegou a ser ameaçada por um problema no sistema  de pouso do módulo, mas os técnicos da Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês) que acompanham a missão em Darmstadt, na Alemanha, conseguiram solucionar o defeito e, durante a manhã (horário local), deram autorização para a liberação do Philae.
O robô Philae, lançado pela sonda europeia Rosetta, aterrissou na superfície do cometa 67/P Churyumov-Gerasimenko
O robô Philae, lançado pela sonda europeia Rosetta, aterrissou na superfície do cometa 67/P Churyumov-Gerasimenko
    Rosetta foi lançada no dia 2 de março de 2004 e alcançou uma distância de 500 milhões de quilômetros em relação à Terra. Em maio passado, ela começou a manobra de aproximação que a tornou, em agosto, o primeiro veículo espacial a entrar na órbita de um cometa.
    O primeiro sinal para a aguardada aterrissagem do robô foi dado na noite de terça-feira (11). Na manhã desta quarta, ocorreu a separação do Philae e, em seguida, a sonda iniciou uma manobra de afastamento. Do começo da descida do Philae até a aterrissagem, passaram cerca de sete horas.
    A expectativa é que as primeiras imagens do 67/P Churyumov-Gerasimenko sejam divulgadas em breve. O sucesso da operação foi comemorado com muitos aplausos, abraços e apertos de mão no centro de controle da ESA. Estima-se que o custo de todo o projeto Rosetta ultrapasse a marca de 1 bilhão de euros (R$ 3,18 bilhões). (ANSA)